Redação, São Paulo

Bom, podemos começar contradizendo a informação contida no título deste post. Se você tem uma pessoa tóxica na sua vida, ela não é sua amiga. Amigos não reproduzem atitudes negativas e nem causam dor, ao contrário de alguém tóxico.

A pessoa tóxica pouco acrescenta à sua vida. Ela pode até fazer isso sem querer, mas você não tem a obrigação de conviver com alguém que não lhe faz bem. Geralmente o comportamento de “amigos” assim é sempre o mesmo: colocam o outro para baixo, sempre arranjam um defeito e interferem diretamente na sua autoestima e bem estar. Seja sobre sua aparência física ou algo em seu comportamento, ele sempre terá algo para criticar. Por que ter alguém assim na sua vida?

Todo mundo, pelo menos uma vez na vida, já teve alguém por perto que era assim, e aqueles que não conseguem cortar o laço com a pessoa negativa vivem num relacionamento totalmente abusivo. A violência não se aplica somente a agressão física. Agressão psicológica também existe e também é violência. Você pode estar sofrendo sem nem se dar conta. Uma palavra atravessada ou uma constatação negativa podem doer mais do que um soco de mão cheia na boca.

Comentários disfarçados de piadinhas sobre aparência física, deboche desnecessário, competição barata. Não fique presa (o) a esse relacionamento, aliás, a nenhum que não lhe faça bem. Corte da sua vida, afaste-se, quebre as correntes. Muitas vezes o medo de ficar sozinho e sentir-se abandonado podem fazer alguém não acabar com uma amizade assim. Para esse caso, vale o bom e velho “antes só do que mal acompanhado”.

O tempo vai passar e você vai perceber que foi uma decisão totalmente assertiva. Nascemos para fazer muitas coisas, e sofrer, com certeza, não é uma delas.

Achou errado

“Eu achei que eles fossem meus amigos” – Achou errado



 




Comente ou marque o facebook da amiga/o

 

Your email address will not be published.